Soltando o Conto

Livro “Até o fim”, de Harlan Coben, mostra que nossas verdades podem ser desconstruídas mais rápido do que esperamos

Imagine descobrir depois de 15 anos que tudo o que você sabia sobre a morte do seu irmão gêmeo não passava de uma grande mentira….

É essa a premissa do mais novo livro de Harlan Coben, Até o fim. Na história conhecemos Nap Dumas, um detetive que há 15 anos perdeu o irmão e a cunhada para o suicídio. Pelo menos era o que ele achava. 

Na época a namorada de Nap, Maura, desapareceu sem deixar vestígios, mas ele nunca imaginou que esse submisso pudesse ter alguma coisa a ver com a morte de Léo, seu irmão gêmeo. 

Um dia, dois policiais aparecem na porta de Nap contando que as impressões digitais de Maura foram encontradas na cena de um crime. O detective então inicia sua jornada em busca de respostas que talvez aumente as feridas ao invés das cicatrizes. 

Nota 10 para o livro. Em um suspense de tirar o fôlego, Harlan Coben nos prende da “Nota do autor” antes do prefácio a última página. 

“Até o fim” nos mostra o perigo de não colocarmos um ponto final em alguns relacionamos, nos faz pensar sobre a necessidade de deixarmos nossos entes queridos partirem quando o momento inevitável da partida chegar. 

Além disso, o livro nos desperta para a importância de não colocarmos nossas vida nas mãos de de ninguém, e reforça o que todos já sabemos, mas às vezes esquecemos: nem todo mundo é o que parece. 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s